quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Volvo lança programa de consultoria de consumo de combustível para ônibus


A Volvo Bus Latin America está lançando um programa de consultoria para redução de consumo de combustível. A novidade integra o pacote de serviços conectados oferecido pela montadora a clientes de ônibus urbanos e rodoviários, e é desenvolvido em conjunto com a rede de concessionários da marca.
Consumo de combustível para ônibus

A consultoria é realizada por um técnico especialista da concessionária com suporte da fábrica. O trabalho consiste em coletar dados da operação, avaliar e acompanhar esses dados para transformá-los em informação. Com base nessas informações é definido e entregue ao cliente um plano com sugestões de ações para redução do consumo de combustível.
Projeto piloto do programa

O projeto piloto do programa iniciou no ano passado, com a Visate, operador de transporte urbano de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. A equipe da Volvo e Dipesul definiu, em conjunto com o cliente, uma meta de redução de consumo. A partir desta meta, com base nos dados conectados do veículo, foi desenvolvida uma metodologia para analisar e identificar pontos de melhoria e desenvolvido um plano de ação para garantir maior eficiência de consumo.

“Um dos principais pontos trabalhados no plano de ação com a Visate foram os relatórios com informações customizadas para atuação direta nos pontos de melhoria de cada motorista, tratadas durante o treinamento aplicado no cliente. O estilo de condução influencia diretamente no consumo e na performance operacional do veículo”, explica o líder do projeto, Alexandre Vargha.

Além do treinamento de motoristas, foi feita uma análise das manutenções periódicas para avaliar desgaste de peças e impacto no consumo; e nas configurações do veículo, para identificar a mais adequada para o tipo de rota e quantidade de passageiros transportados.

Inicialmente, o programa está sendo lançado em três grupos concessionários da marca: Dipesul, Auto Sueco São Paulo e Rivesa, e é voltado para clientes de médio e grande porte. A partir do ano que vem, o projeto será estendido para a toda a rede de concessionários. 

Fonte: (Frota & Cia) http://portallubes.com.br/2017/10/consumo-de-combustivel-para-onibus-volvo/?utm_source=mail2easy&utm_medium=e-mail&utm_campaign=Portal+Lubes+-+Not%C3%ADcias+03+de+outubro+2017+-+tarde

Neobus vende dez ônibus Mega Plus para Guerino Seiscento

Crédito da imagem: André Kloss


Novos ônibus serão utilizados na cidade de Tupã (SP)

ALEXANDRE PELEGI

A Guerino Seiscento, um dos principais operadores de transporte do interior PAULISTA, acaba de adquirir 10 novos ônibus Mega Plus da encarroçadora Neobus.

Eurico Quintela, gerente de vendas da Neobus, afirma em nota que a empresa tem dedicado especial atenção ao mercado brasileiro buscado ampliar sua presença no mercado brasileiro

“Nos últimos três anos, o transporte coletivo urbano sofreu com a falta de investimentos e políticas que incentivem a mobilidade. Agora, gradativamente, os operadores de transporte urbano de passageiros estão voltando a renovar suas frotas”, revela o executivo.

Cada ônibus tem capacidade para transportar 40 passageiros sentados e possui ar condicionado, áudio e elevador para pessoas com mobilidade reduzida. O itinerário é eletrônico.

“Com 13,2 metros de comprimento total e chassi Volkswagen 17.230 OD, o ônibus Mega Plus traz tomadas para carregamento de equipamentos eletrônicos com entrada USB, iluminação interna em LED, conjunto ótico dianteiro e lanternas traseiras também em LED e itinerário eletrônico.

Projetado para atender às necessidades do transporte urbano, o ônibus Mega Plus se destaca pelo visual moderno e pelas características de maior economia, extrema robustez e mais espaço interno para os passageiros”, informa a nota da Neobus.

Fonte: Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes https://diariodotransporte.com.br/2017/09/27/neobus-vende-dez-onibus-mega-plus-para-guerino-seiscento/

Marcopolo, em parceria com a Volvo, começa a entregar 203 ônibus Torino Low Entry para o Panamá

Crédito da imagem: Douglas de Souza Melo
Para suportar elevadas temperaturas e alto índice de umidade foi projetado e desenvolvido um pacote de isolamento para proporcionar aos passageiros melhor conforto térmico
Em parceria com a fabricante de chassi Volvo, a encarroçadora de ônibus Marcopolo começa a entregar as primeiras unidades do contrato de fornecimento de 203 ônibus para o sistema de transporte coletivo urbano da cidade do Panamá, na América Central.
Os ônibus, modelo Torino Low Entry, foram adquiridos pela MiBus, operadora de transporte do país.
Em nota da empresa Marcopolo, Rodrigo Pikussa, gerente executivo de Negócios Internacionais da Região Américas, ressalta:
“Os novos ônibus irão contribuir para a contínua melhora do trânsito da região metropolitana e proporcionar mais conforto e agilidade para os passageiros. Com a aquisição e o nível de modernização dos veículos, a MiBus irá oferecer um serviço diferenciado para os seus clientes”.
O Torino Low Entry, de concepção robusta e elevada confiabilidade, com excelente relação custo/benefício, atende a todas as exigências dos sistemas de transporte existentes no Panamá.
Com piso baixo, proporciona maior velocidade nas operações de embarque e desembarque, inclusive de passageiros com mobilidade reduzida e cadeirantes.
O modelo, com 13,2 metros de comprimento, foi desenvolvido especialmente para o Panamá, e está equipado com sistema de freios EBS e ESP, programa eletrônico de estabilidade e de gerenciamento de frota. Os ônibus contam com 45 poltronas modelo City Estofada e possuem duas portas de acesso.
Para suportar as elevadas temperaturas e o alto índice de umidade do Panamá, para 203 ônibus Marcopolo Torino Low Entry foi projetado e desenvolvido um pacote de isolamento com configuração fora do padrão e a instalação de sistema de ar-condicionado de alta potência, a fim de proporcionar aos passageiros o melhor conforto térmico.
Fonte: https://diariodotransporte.com.br/2017/09/29/marcopolo-em-parceria-com-a-volvo-comeca-a-entregar-203-onibus-torino-low-entry-para-o-panama/

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Venda de ônibus usados acumula alta de 25,2%

Um mercado que não ganha tanto destaque na mídia, mas que movimenta recursos significativos tem crescido em época de crise econômica. A venda de ônibus usados no Brasil acumula alta de 25,2% entre janeiro e agosto de 2017 na comparação com igual período de 2016.
Venda de ônibus usados acumula alta de 25,2%
Venda de ônibus usados acumula alta de 25,2%


Foram vendidos, segundo a Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, 33.156 ônibus usados nos oito primeiros meses deste ano. No mesmo período do ano passado, foram 26.483 veículos de transporte coletivo usados.

Para se ter uma ideia da importância do mercado de ônibus semi-novos o usados, ainda de acordo com a Fenabrave, entre janeiro e agosto de 2017, foram emplacados 9.774 veículos de transporte coletivo, número que representa queda de 5,38% em relação às 10.330 unidades emplacas no mesmo período de 2016.

Isso significa dizer que entre janeiro e agosto, em volume, o mercado de ônibus usados foi 3,39 vezes maior que o de novos.
Venda de ônibus usados – Rank

O ranking de marcas de ônibus usados é parecido com o de vendas de novos, com Mercedes-Benz, Volkswagen/MAN, e Marcopolo (Volare) nas primeiras colocações em participação no mercado.

Fonte: http://portallubes.com.br/2017/09/venda-de-onibus-usados/

Ônibus elétrico anda mais de 1,7 mil km com 1 bateria

Baterias de maior duração e potência

Os carros elétricos já estão entre nós e estão se tornando cada vez mais populares. A tecnologia – cada dia mais avançada – permite que novos motores mais potentes sejam desenvolvidos e o sonho de acabar com os combustíveis fósseis fique um pouquinho mais próximo da realidade.
Um dos maiores problemas dos veículos elétricos é sua autonomia, visto que os motores elétricos nem sempre aguentam tanto tempo fornecendo tanta potência para o carro e não é tão simples assim encontrar pontos de recarga no meio do caminho, caso a sua jornada seja longa. Portanto, a busca pelo aumento da duração da bateria dos automóveis é um objetivo desejado por muitas montadoras.
Um ônibus verde

Ônibus elétrico – Economia de quilômetros
Ultrapassando essas barreiras está o ônibus elétrico Catalyst E2 Max, da Proterra, que bateu um recorde na última terça-feira (19) e viajou nada menos que 1.772,2 quilômetros com uma bateria de 660 kWh, o equivalente a 11 Chevy Bolts. O mais impressionante é esse feito ter sido realizado por um ônibus, mesmo disputando contra outros veículos muito mais leves.


Além da longa duração da bateria, a Proterra também trabalha em um sistema de carregamento rápido para seus ônibus para diminuir o tempo inativo dos veículos
É possível ter uma frota de veículos elétricos

A proeza pode ajudar a convencer as autoridades de trânsito que é possível ter uma frota de veículos elétricos em uma cidade sem o risco de uma “pane seca” generalizada que poderia causar caos no trânsito de uma cidade, coisa que é mais fácil de evitar com a autonomia prolongada de carros com motor à combustão.
Sistema de carregamento rápido

Além da longa duração da bateria, a Proterra também trabalha em um sistema de carregamento rápido para seus ônibus para diminuir o tempo inativo dos veículos quando precisam ser reenergizados. Esse projeto é compartilhado pela empresa com outras companhias interessadas em desenvolver sistemas desse tipo para seus veículos elétricos.

Fonte: http://portallubes.com.br/2017/09/onibus-eletrico-anda-mais-de-17-mil-km-com-1-bateria/

terça-feira, 19 de setembro de 2017

NEOBUS reforça presença da marca no Rio de Janeiro

A NEOBUS irá fornecer 30 novos ônibus MEGA PLUS para a Friburgo Auto Ônibus Ltda., um dos principais operadores de transporte da cidade de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. Os veículos fazem parte do programa de renovação de frota da operadora, têm pintura comemorativa aos 200 anos de fundação do município e serão utilizados para o transporte da população.
NEOBUS reforça presença da marca no Rio de Janeiro
NEOBUS reforça presença da marca no Rio de Janeiro
Segundo Eurico Quintela, gerente de vendas da NEOBUS, a fabricante tem dedicado especial atenção à retomada do mercado brasileiro, sobretudo no segmento de urbano, e buscado ampliar sua presença nas regiões mais importantes, como o Estado do Rio de Janeiro. “Gradativamente, as empresas de transporte urbano de passageiros estão voltando a renovar suas frotas e estamos preparados para atender essa demanda com veículos nas configurações desejadas, como sistema de ar-condicionado, entrada USB e suspensão a ar”, revela o executivo.

NEOBUS – MEGA PLUS

Com 12,4 metros de comprimento total, o ônibus MEGA PLUS tem capacidade de transportar 45 passageiros sentados em poltronas urbanas estofadas e chassi Mercedes-Benz OF 1721L. O veículo possui sistema de ar-condicionado, tomadas para carregamento de equipamentos eletrônicos com entrada USB, elevador, iluminação interna em LED, conjunto ótico, lanternas traseiras em LED com acabamento envolvente em peças injetadas e itinerário eletrônico. O posto do motorista possui maior ergonomia e conforto para proporcionar melhor condução.

O modelo NEOBUS MEGA PLUS se destaca pela sua extrema robustez, com mais espaço interno para os passageiros, econômico e esteticamente atrativo. O veículo foi projetado para atender às necessidades do transporte urbano, aliando conforto, ótimo desempenho e oferece maior eficiência e rentabilidade ao operador.

Fonte: http://portallubes.com.br/2017/09/neobus-reforca-presenca-rj/

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Mercedes-Benz lança tecnologias para redução de gases poluentes

Sistema de desligamento automático do motor será lançado este mês. No início de 2018, a montadora vai apresentar o módulo de recuperação de energia elétrica.

Mercedes-Benz lança tecnologias para redução de gases poluentes


Mercedes-Benz lança tecnologias para redução de gases poluentes. Mercedes-Benz está investindo em tecnologias para seus chassis de ônibus. A partir de agosto, a marca vai lançar o sistema de desligamento automático do motor e, no início de 2018, o módulo de recuperação de energia elétrica, que asseguram mais rentabilidade para as empresas com a redução do consumo de combustível.
O diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Walter Barbosa, destaca que “além da redução do custo operacional para os clientes, essas novas tecnologias melhoram a eficiência energética, trazendo ganhos para as empresas de transporte de passageiros, para a qualidade do ar e a preservação do meio ambiente”, explica.
Tecnologias para redução de gases poluentes
Esses dois lançamentos mostram a tecnologia presente na linha de ônibus da montadora, destacando-se, por exemplo, por itens que garantem um elevado padrão de desempenho, economia, conforto e segurança no transporte de passageiros.
“A oferta de equipamentos e sistemas como esses amplia o leque de possibilidades para que os clientes configurem os seus ônibus de acordo com suas demandas, tipo de operação e condições de topografia onde irão atuar. Dessa forma, poderão desfrutar de muito mais benefícios em termos de custo operacional, segurança ativa e passiva”, finaliza.

Fonte: http://portallubes.com.br/2017/08/tecnologias-para-reducao-de-gases-poluentes/